Edson Machado de Andrade (Didi) e lideranças do Alto Paranaíba são condecoradas com a Medalha da Inconfidência em Ouro Preto

0
10

São condecorados àqueles que, de maneira excepcional, tenham contribuído para a projeção e valorização de Minas Gerais.

34

Cumprindo a tradição do dia 21 de abril, o governador mineiro, Fernando Pimentel, presidiu a cerimônia de entrega da Medalha da Inconfidência. A solenidade foi marcada por várias homenagens a Tiradentes, mártir da Inconfidência, realizada na praça Tiradentes, centro histórico de Ouro Preto.
Dentre os homenageados, três personalidades do Alto Paranaíba foram condecoradas com a Medalha da Inconfidência, o empresário e ex-prefeito de Lagoa Formosa, Edson Machado de Andrade – Didi; o prefeito de Presidente Olegário, Antônio Cláudio Godinho – Palito e o médico, Teotônio Tobias França.

34-1Honrado e agradecido com a homenagem, o empresário e ex-prefeito de Lagoa Formosa, Edson Machado de Andrade, faz uma alusão a Tiradentes. “Ele é considerado um mártir e herói do povo mineiro, por ter sido um grande líder e ter lutado por seu povo e seus ideais, apesar de ser o mais humilde de todos os membros do movimento, Tiradentes foi o que assumiu maiores responsabilidades. É desta forma que vejo todos os homenageados no dia de hoje”.

Esta honraria trata-se da maior homenagem concedida pelo Estado de Minas Gerais, a qual em 2015 agraciou 141 pessoas. Neste ano, o presidente do Supremo Tribunal Federal – STF, Ricardo Lewandowski, foi escolhido pelo governo de Minas para ser o orador da cerimônia.

A cerimônia
A solenidade começou às 10 horas, com a chegada do Governador Fernando Pimentel, o qual foi recebido com honras militares. O músico, Pereira da Viola, executou o Hino Nacional Brasileiro.

Ouro Preto recebeu a transferência simbólica da capital do estado. Em seguida, o monumento de Tiradentes recebeu as flores. A chegada do fogo simbólico e acendimento da Pira da Liberdade conduziu o final do evento, que terminou com uma salva de 21 tiros.

A medalha
A Medalha da Inconfidência foi criada em 1952, no governo de Juscelino kubitscheck e é a maior comenda concedida pelo Estado de Minas Gerais. A premiação é anual e possui quatro designações: Grande Colar, Grande Medalha, Medalha de Honra e Medalha da Inconfidência.  São condecorados àqueles que, de maneira excepcional, tenham contribuído para a projeção e valorização de Minas Gerais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui