Homem de 29 anos é preso suspeito de furtar mais de 2 mil reais de igreja na cidade de Tiros

0
100

Um homem de 29 anos foi preso pela Polícia Militar de Tiros-MG na manhã dessa segunda-feira (05), suspeito de furtar mais de dois mil reais no escritório paroquial da igreja Matriz. Após rastreamentos, os policiais conseguiram recuperar quase o valor total furtado.

Segundo informações da assessoria de comunicação da 216ª CIA PM, a solicitante informou que, ao chegar pela manhã no escritório paroquial, deparou com a janela blindex quebrada e objetos revirados. No local a equipe policial notou que o indivíduo veio a danificar uma janela que dá acesso ao interior da igreja, pela qual entrou.

Após arrombar duas janelas e uma porta e forçar outras três, o autor subtraiu aproximadamente R$2.500,00. Diante dos fatos, foram iniciados os rastreamentos em busca de um suspeito de cometer crimes semelhantes no ano de 2018 e que havia sido posto em liberdade após cumprir pena por ter sido preso em flagrante por furto também em 2018.

O suspeito C.W. M. de S. J. foi posto em liberdade em 27/04/2019. Os militares descobriram que ele estava escondido em uma mata atrás da residência localizada na av. Honório Maria Bontempo, local onde há denúncia de tráfico de drogas. Os militares foram ao local onde confirmaram a denúncia e o localizaram o suspeito.

Ele tentou evadir em meio a vegetação, mas foi perseguido e preso. Ao realizar buscas, foram localizados no bolso traseiro de calça do suspeito, a quantia de R$2.435,50, dispostos em grande parte em cédulas de R$10,00, R$5,00 e R$2,00. Apenas de dois reais eram 40 cédulas, valores típico de oferendas a igreja.

Também foram apreendidos um aliança de material semelhante a ouro e uma carteira de bolso. O suspeito afirmou aos militares que havia cometido o furto e descreveu sua ação em detalhes informando até o local onde havia encontrado o dinheiro, mas logo em seguida demonstrou arrependimento de ter confessado e não quis mais falar sobre o assunto. O suspeito foi preso e o material apreendido foi encaminhado a DEPOL.

Matéria: Aislan Henrique.