Idoso que matou homem a tiros em bar de Carmo do Paranaíba é preso em Brasília

0
99

O idoso que matou a tiros um homem de 47 anos, na cidade de Carmo do Paranaíba, no mês de outubro, foi preso na capital federal. De acordo com informações da Polícia Militar do Distrito Federal, Marcos José Pimenta, 61 anos, foi detido durante patrulhamento da ROTAM ALFA 02, que recebeu denúncia anônima relatando que um senhor trajando camisa polo rosa e bermuda azul, se encontrava na quadra 310/311 da Asa Sul da capital, e que em seu desfavor havia um mandado de prisão em aberto.

De posse das informações a equipe da PM iniciou rastreamento e localizou Marcos.  Após a abordagem e consulta ao CNJ foi confirmando que o idoso era procurado da justiça do estado de Minas Gerais pelo assassinato de Véber Cássio Mendes. Diante dos fatos, o suspeito foi preso e levado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil e entregue ao delegado de plantão para as providências cabíveis.

RELEMBRE O CASO

Um homem foi morto a tiros no início da tarde deste domingo (06/10), na cidade de Carmo do Paranaíba. O crime ocorreu em um bar, localizado no cruzamento das Ruas Agostinho de Deus com Governador Valadares. Segundo informações, a vítima estava no estabelecimento comercial, quando o atirador chegou e disparou 5 vezes.

Com os tiros, Veber Cássio Mendes, 47 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ele foi atingido na cabeça, costas e em um dos braços. Não foi necessária a ida de ambulância da prefeitura municipal com equipe médica ao local, sendo que com a chegada da PM na cena do crime, ficou constatado que Veber já se encontrava sem os sinais vitais.

Logo após alvejar e matar a vítima, o suspeito Marcos José Pimenta, 61 anos, que foi reconhecido por clientes que estavam no local do crime, fugiu tomando rumo ignorado. Testemunhas relataram que vítima e autor teriam se desentendido devido Veber estar difamando um filho de Marcos. Mas algumas pessoas chegaram a dizer que a discussão teria sido um mal entendido após uma brincadeira, sendo que o filho do autor e vítima até mantinham laços de amizade.

A Perícia da Polícia Civil foi acionada e esteve no local e realizou os trabalhos técnicos, que irão ajudar na apuração dos fatos. Em seguida o corpo de Veber Cássio Mendes foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) na cidade de Patos de Minas. A Polícia Militar realiza rastreamentos na tentativa de localizar o suspeito do crime, mas até o fechamento desta matéria ele não havia sido encontrado.

TEXTO E FOTOS: TÔNAMÍDIA  – CARMO DO PARANAIBA.