Ladrões de loja de som são interceptados pela polícia e um é morto e dois são detidos

0
76

Policiais militares conseguiram interromper a fuga de três autores que tinham invadido uma loja de som automotivo e furtado uma grande quantidade de equipamentos. Eles seguiam para o bairro Jardim Esperança e ficaram sem saída. O motorista desceu do carro segurando uma arma e acabou sendo baleado na cabeça. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital Regional.

O furto aconteceu por volta de 23h00. Vizinhos viram os três homens fugindo em um veículo Corsa de cor preta. A Polícia Militar foi acionada e iniciou os rastreamentos. Uma viatura posicionada no final da avenida Fátima Porto avistou o carro e iniciou uma perseguição. Os ladrões entraram para o bairro Jardim Esperança, desobedecendo ordem de parada, até chegar a uma rua sem saída.

Segundo a Aspirante Morgana, dois autores permaneceram no interior do carro, mas o motorista desceu segurando o revólver calibre .22. Nesse instante, um dos policiais atirou e acertou o autor na cabeça. Carlos Eduardo Defende foi socorrido pelos próprios militares e levado para o Hospital Regional. Ele morreu pouco depois.

Os outros dois autores foram detidos. Walisson Santos de Jesus, conhecido como “Dodô” e um adolescente de 13 anos foram levados para a Delegacia. A arma usada por Carlos Eduardo foi apreendida. Dentro do carro dos autores, os policiais encontraram mais de 10 aparelhos de som, cerca de 20 alto falantes, cornetas e potências. Um enorme alicate usado pelos ladrões para abrir a loja foi apreendido.

A perícia foi acionada e realizou os trabalhos de praxe no local. O militar que efetuou os disparos foi detido. Tanto o baleado que acabou falecendo quanto o outro maior que foi preso têm diversas passagens pela polícia, segundo os militares.

FOTOS E TEXTO: PATOS HOJE.