quinta-feira , outubro 18 2018
Home / ESSENCIAL / Pais começam a “perder o controle” dos filhos perto dos 13 anos, diz estudo

Pais começam a “perder o controle” dos filhos perto dos 13 anos, diz estudo

Da Universa

21/08/2018 16h45

Depois de passar anos vigiando cada passo das crianças, o que comem e quanto tempo dormem, os pais começam a “perder o controle” quando os filhos se tornam adolescentes e têm por volta de 13 anos.

De acordo com estudos da Vitabiotics’ Wellteen, é quando entram no ensino médio que os adolescentes começam a fazer coisas consideradas proibidas, como comer fast-food sem permissão dos pais, comer doces antes do almoço, dormir mais tarde e escapar do castigo. 10% dos pais entrevistados acreditam que depois dos 10 anos precisam aprender a deixar os filhos mais soltos. Por outro lado, mais de 90% deles disseram saber onde e com quem o adolescente na faixa dos 13 anos está o tempo todo.

A pesquisa mapeou ainda a principal preocupação das famílias com adolescentes. O resultado? A alimentação. Mais da metade dos pais já conversou com os filhos sobre a importância de uma rotina saudável e os impactos de sua alimentação na saúde. Mas a maioria foi além da conversa.

Quatro em cada 10 disseram tentar controlar o que os filhos comem ou bebem fora de casa, enquanto 43% já vasculharam a mochila dos adolescentes para confiscar balas e chocolates “ilícitos”. Para chegar a estes resultados, a Vitabiotics’ Wellteen entrevistou 2 mil pais de adolescentes entre 13 e 18 anos.

“Quando nossos filhos são jovens, é fácil saber exatamente o que eles estão fazendo. À medida que envelhecem vão para a escola sozinhos ou saem desacompanhados ou só com amigos, eles têm a oportunidade de comer e beber alimentos que eles sabem que não seriam permitidos em casa”, explicou um porta-voz da pesquisa.

FONTE: UOL.

FOTOS: INTERNET.

Sair Clenio Cesar

Check Also

Óleo vegetal ou banha de porco?

Crédito: iStock Os óleos e as gorduras fazem parte daqueles nutrientes chamados de lipídios, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *