Suspeito de estuprar irmã de criação é morto após tentar fugir de delegacia na cidade de São Gotardo

0
38

Um rapaz de 20 anos foi baleado e morreu horas depois após tentar fugir e lutar com um policial militar. O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira (14/01) na cidade de São Gotardo. Rubens Pereira Lima Filho, de 20 anos, havia sido detido pelo crime de estupro de vulnerável. A vítima seria a irmã de criação, uma criança de seis anos.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima havia sido detida suspeita de tentar estuprar a irmã de criação, de seis anos. Durante os procedimentos de praxe, os policiais civis pediram para os policiais militares levarem o suspeito ao hospital, para exames de corpo delito.

Ao ser levado para a viatura, o policial foi trocar a algema do preso de posição, já que ele se queixava de dores no braço. Ao destrancar uma algema, o suspeito conseguiu se desvencilhar e fugir do policial.

O soldado da Polícia Militar correu atrás do suspeito e conseguiu alcançá-lo. Rubens então teria começado a lutar com o policial e tentou tomar a pistola dele, que estava no coldre, mas não conseguiu.

Ao conseguir novamente se desvencilhar do policial, o suspeito tentou correr para pegar uma pedra, momento que o militar sacou a arma pra se defender e atirou. O disparo acertou a nuca dele.

Rubens foi socorrido pelos policiais militares e civis. Ele foi levado para o hospital municipal de São Gotardo, onde recebeu os primeiros atendimentos e foi transferido às pressas para o Hospital Regional Antonio Dias em Patos de Minas. Ele morreu a caminho de Patos de Minas.

O soldado da Polícia Militar também precisou de atendimento médico, devido aos ferimentos causados durante a luta.

O corpo do suspeito foi levado para o IML – Instituto Médico Legal de Patos de Minas e depois liberado aos familiares. O policial foi conduzido para a sede do 15º Batalhão da Polícia Militar em Patos de Minas.

Fonte: Igor Nunes.